ISAAC NEWTON: Ciência

ilustração por Jean-Leon Huens, Arquivo da National Geographic.K

Tido como um dos cientistas mais influentes de todos os tempos, Newton buscava compreender as leis universais da natureza e descreve-las através da geometria e da física.

Sir Isaac Newton observou que a luz branca do sol quando passa através de um prisma transparente se decompõe em um espectro colorido. Tal experiência foi o grande marco na compreensão da natureza e origem das cores.

No espectro observado, relacionou sete cores diferentes e as relacionou às sete notas musicais – demonstrando sua intenção de encontrar padrões universais. DO-vermelho, RE-laranja, MI-amarelo, FA-verde, SOL-azul, LA-indigo, SI-violeta.

Quantas cores você enxerga no arco-íris? O especto observável é de fato contínuo e podemos identificar um número infinito de cores, dependendo do tamanho e da qualidade de suas lentes.

Newton observou que podia compor qualquer cor sobrepondo duas ou três outras cores – adição de cores. Foi possível obter cores que apesar de existirem na natureza não apareciam no espectro da luz branca. Obteve o magenta e as outras cores da chamada linha do magenta e com isso foi possível completar um círculo que unisse o vermelho com o anil. Este círculo se tornou o primeiro esquema científico para estudar as cores sistematicamente e formular a composição de cores pela via matemática.

Observe no círculo de Newton uma oposição não muito exata entre o Vermelho e o Verde e também entre Amarelo e Indigo. Ao encontrar a correlação de cores opostas, o cientista pôde experimentar os fenômenos visuais resultantes da interação entre cores. Enquanto o experimento com o prisma separava a luz branca em raios coloridos, o objeto abaixo demonstra o que acontece quando se sobrepõem os raios coloridos.

As cores opostas (amarelo-indigo, vermelho-verde) foram colocadas lado a lado no Disco de Newton. Ao ser posto em movimento, o reflexo das cores se somam e produzem um reflexo branco acinzentado.